Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

segunda-feira, 11 de março de 2013

BURACO ENGOLE RUA NO CAPÃO REDONDO III


Lembram da rua engolida pelo córrego do post BURACO ENGOLE RUA NO CAPÃO REDONDO ? A Rua Professor Paulo Assis Ribeiro no Capão Redondo continua senso engolida pelo córrego e até agora só a presença da CET interditando a rua.

Pois bem...  Pedidos foram feitos a Prefeitura de São Paulo e sub Prefeitura de Campo Limpo e, embora os pedidos estejam no sistema, nada foi feito.

O caso também foi levado a várias mídias e a vários noticiários de TV e nenhuma reportagem apareceu no local, talvez porque o assunto não seja sensacionalista o suficiente.

O eleito vereador Antônio Carlos Rodrigues que agora é Senador parece ter abandonado o bairro. Embora tenha respondido mensagem enviada através de seu site pedindo dados para formalizar um ofício, ele não entrou em contato até o momento.

Do primeiro post pra cá tem chovido muito em Capão Redondo. A cada chuva mais um pedaço da rua vai embora. Dentro do córrego é possível observar pedaços gigantescos de concreto arrancados pela força das águas. Na última tempestade, mais um pedaço caiu e o que persiste ali é a árvore ainda de pé por causa das raízes.

A CET foi hoje (11/03/2013) ao local e interditou a rua. A Prefeitura diz não poder fazer nada porque não tem verbas pra isso!

Provavelmente todos os órgãos procurados estejam esperando que uma das casas caia e mate alguém para que só então uma atitude seja tomada ou seja noticiado.

O mais interessante é que esta rua não é uma área invadida, não é área de risco, não é um morro e seus moradores sempre foram pessoas da classe média! Mais interessante ainda é este córrego fazer parte de uma longa disputa judicial... O jogo de interesses de um governo e uma igreja para decidirem se um Metrô passa por ali ou não! Enquanto essa briga não acaba, nem córrego é canalizado, nem rua arrumada, nada é feito...



Imagem de hoje 11/03/2013: todo este trecho da rua foi devorado pelo córrego e já chegou a calçada. Momento em que a CET interdita a rua.


Imagem de hoje 11/03/2013 : A árvore resiste por causa das raízes. Nota-se a espessura de asfalto sobre terra às margens do córrego que enche em grandes proporções a cada chuva.



Imagem do primeiro post no dia 18/02/2013: dois anos pedindo soluções e o problema fica cada vez maior.


Formulário enviado através do site da Prefeitura



Última solicitação no sistema da Prefeitura


Mensagem enviada pelo Senador Antônio Carlos Rodrigues: nenhum contato realizado até o momento




Nenhum comentário: