Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

terça-feira, 29 de abril de 2014

Bem Vindo ao País da Copa!





No começo do mês algumas pessoas estavam compartilhando na rede social uma informação preocupante. Supostamente - pois, não há confirmação - estaria havendo um surto de Ebola no Acre. Este surto estava  imigrando junto com os haitianos que estão sendo 'favorecidos' pelo Governo brasileiro. Nenhuma mídia no Brasil noticiou o fato e ficamos esperando que alguém residente no Acre confirmasse esta informação. Se fato, a justificativa para que não fosse noticiado seria a Copa. Os dias passaram e a informação foi considerada ou um hoax ou uma manobra de partidários políticos aversos ao atual partido no poder.

Hoje, a versão em português do New York Times vinculado a Folha noticia que há um surto de Cólera no Haiti. Para quem não sabe, haitianos estão sendo enviados para São Paulo... Entre mitos, lendas e hoax, surge uma notícia que não diminui nossa preocupação. 


Imagine que sua casa está um caos total devido a uma reforma geral. Quem não viveu a desgastante experiência de respirar pó e caminhar sobre grãos de areia que tomaram todo seu lar? Agora imagine que toda sua família (parentela) decidiu que haverá uma reunião de família para comemorar alguma ocasião especial (como a aniversário da bisavó) e você é a única pessoa que não ficou sabendo por estar tão atarefado com suas tarefas e compromissos diários mais o caos da reforma. Um belo dia, todo aquele povo que você vê apenas no Natal aparece de mala e cuia... Esta é a realidade de uma Copa sendo realizada no Brasil!

Como o povo brasileiro poderia ser tão hospitaleiro e receber pessoas vindas de toda parte do planeta para um evento tão popular estando com seu país em completo caos? Como o povo brasileiro poderia apoiar tal evento quanto tudo o que sua Constituição lhe garante como 'direito' não é acessível? Como considerar uma honra quando todas as necessidades básicas da sociedade não são atendidas? Como o povo pode estar satisfeito com este evento estando tão insatisfeito com os rumos e a condição em que se encontra seu país?

Alguém me dirá que na Copa da África a situação por lá era bem pior e a Copa só acrescentou ao país... Se você pensa assim, poderia por gentileza me listar todos os benefícios pós Copa na África? Quais os benefícios para a sociedade e o que mudou ali?

Digamos que a Copa tenha esse poder de beneficiar um país não apenas durante a realização de um evento mas também, antes e depois da mesma...  Vamos nos lembrar que estamos no Brasil!

Ás vésperas da Copa, todos os problemas que a sociedade enfrenta não melhoraram, ao contrário. Se para preparar o país para tão grande evento está assim, quem dirá depois...

Se você fizer uma caminhada na Paulista, pode ter a ideia de que São Paulo é 'a grande metrópole'. Todos os bairros nobres irão te passar a mesma impressão. Mas, São Paulo é mais periferias do que bairros nobres. Este é só um exemplo mas, você pode ter a mesma ideia em qualquer parte do país. 

Quando o poeta e MC Mano Brown diz em sua música que " o mundo é diferente da ponte pra cá", revela uma realidade que passa desapercebida aos olhos da maioria. As pontes na cidade de São Paulo servem para separar subúrbio do resto da cidade. Por isso, toda omissão e descaso dos políticos pela sociedade só pode ser visto nas periferias. 

Nas periferias estão concentradas a maioria! A porção da sociedade que elege, que alavanca o país, que mantém a 'maquina' em funcionamento reside nas periferias. O povo trabalhador, que luta diariamente para se manter empregados, que fazem 'bico', que possuem mais de dois empregos, que as vezes se aventuram abrindo uma micro empresa ou um pequeno comércio informal... O povo que realmente gera dinheiro para o país. O povo que usa a força do braço para empurrar o país. O povo que está ocupado demais em precisar receber salário, pagar as dívidas e faturas, fazer longas e desconfortáveis viagens em transporte coletivo, dar educação e saúde para os filhos além de todas as outras necessidades básicas. O povo que precisa fornecer bem estar para a família em um país que não proporciona condições para que este bem estar seja acessível. 

Por favor! A conversa aqui não tem fundo partidário em prol a nenhum partido de Esquerda ou de Direita. O lado que fala aqui é o do meio, que está sempre no 'fogo cruzado', que não tem como se ocupar das questões que listamos aqui: o povo de fato. Quando falo em periferia, vem a sua mente favela, criminalidade, pobre, vagabundagem... Não! A periferia hoje é um misto de classes sociais! A periferia hoje reflete todo tipo de modo de vida e condição financeira! E a periferia é o alvo preferido de políticos e campanhas políticas. Porque há mais pessoas nas periferias do que em outros pontos mais 'nobres' da cidade.

Então, vou listar exemplos das condições permanentes da cidade que reflete-se drasticamente nas periferias pois, é nas periferias onde estão as pessoas que acessam diretamente os serviços prestados pela prefeitura, governo estatual e governo federal. Estes exemplos vem de longa data e não se mantém exatamente iguais pois, pioraram.

Educação:

Uns anos atrás - antes do Brasil ser escolhido sede da Copa - 1000 crianças estavam sem vaga eme escolas públicas. Esta informação foi fornecida por telefone por um funcionário da Secretaria de Educação e também por uma secretária de um vereador. Na época, vários pais estavam batalhando uma vaga em escolas sem exito. O que não era compreensível é porque 1000 crianças não tinham vaga se só na zona sul de São Paulo há tantas escolas em um mesmo bairro. Por que não haviam vagas se havia espaço de sobra nas escolas?

Naquela época o prefeito era Kassab. Unindo a situação na Educação com as notícias nos jornais sobre o prefeito, ficou óbvio que ele estava 'cortando gastos'. Sim, ele estava 'economizando' verba pública porque estava com projetos. Esta impressão ficou mais evidente quando houve interesse em reformar o Estádio do Morumbi. Tempos depois, tudo fez sentido mas, a memória do povo não é curta: é cheia de preocupações. 

O Brasil foi escolhido como sede da Copa. 'Escolhido' entre aspas mesmo pois, nunca vi político brasileiro agir em cima de possibilidades. Se já começavam a se mexer por causa de uma probabilidade é porque já estava certo que seria aqui. Logo depois, foi noticiado que o Estádio do Morumbi era um forte candidato para a abertura do evento. Por causa da Copa, 1000 crianças perderam um ano letivo. Por causa da Copa, as escolas públicas precisaram espremer um dinheiro da APM. Para quem um aluno posso estudar, não bastam vagas: há o dinheiro investido na merenda escola, no material e uniforme gratuitos que servem na verdade para que haja um recurso para desviar mais dinheiro. 

As escolas públicas não servem para das uma Educação digna a nossas crianças para que possam disputar vagas em universidades públicas... Estas escolas servem para a atuação de verdadeiras máfias! O suposto uniforme gratuito favorece a confecção de algum funcionário da própria escola. As tais 'peruas Kombi' que levam a traz alunos, estão associadas a funcionários. Uma tal lata de leite em pó oferecida para crianças que não faltavam já foram muito vendidas não somente por funcionários como também por pais de alunos apesar do aviso no rótulo que diz: PROIBIDA A VENDA!

Raras são as escolas que oferecem um ensino - não adequado - mas, ao menos básico e isso não se deve ao empenho dos políticos mas, a quem administra essas escolas.

Nem vou falar da segurança pois, se nos arredores das escolas não há, quem dirá nas escolas! Mas, pátio de escola tem servido para venda e consumo de drogas. Para brigas de 'gangues', para a prática desavergonhada de bulling e etc...

O que mais chama a atenção nisso tudo é algo percebido a primeira vista: assim que se tenta vaga em escolas. De onde moro, posso avistar 8 escolas públicas estaduais e municipais.Escola aqui é o que não falta! Nem estou contando as escolas que estão próximas mas não posso visualizar. Se você nasceu no seu bairro, nele crescer e nele ter seus filhos, provavelmente você não vai conseguir uma vaga na mesma escola em que você estudou. 

Nas periferias existe frequentemente a 'onda migratória'. Muitas famílias moram de aluguel e num período entre 1 e 3 anos mudam de residência. O que quer dizer que muita criança e adolescente acaba mudando de escola por causa da proximidade. Você não vai conseguir uma vaga para seu filho na escola onde você estudou porque aquela criança que ficará na região por 1 a 3 anos ocupa a vaga. Ao mesmo tempo, crianças de outros bairros são enviadas para escolas do seu bairro o que limita vagas. Provavelmente, seu filho também será enviado para outro bairro pois, a Secretaria de Educação remaneja a criançada onde há disposição de vagas.

Por que fazem desse modo? Ligue para a Secretaria de Educação e ouça você mesmo o motivo descabido!



Saúde:



Do mesmo modo que ocorre com a Educação, o mesmo remanejamento se dá com a Saúde. Não importa quantos hospitais, AMAs e postos de saúde houver próximo de sua residência, quando você precisar de exames e especialidades, irão te enviar para o outro lado da cidade. 


Quer dizer que o cidadão perde dia de trabalho só com a espera para ser atendido e isto se houver um médico que atenda seu caso. Perdendo um dia de trabalho ele vai receber menos a não ser que o médico que o atenda faça a gentileza de fornecer um atestado médico, o que na maioria das vezes é negado. O médico nem olhará para sua face e te receitará medicações  sem a explicação do porque usá-las. Talvez, você terá a medicação disponível na farmácia no mesmo local onde você for atendido. Talvez, você tenha que comprar com o dinheiro que perdeu no mesmo dia pois, a tal farmácia sempre vai ter remédio em falta. Ou porque funcionário vende, ou porque quem deveria enviar as medicações não enviou... Vai saber! O interessante é que a medicação que você usa para determinado sintoma será usado por outros pacientes nem sempre com o mesmo problema que você. Sim, sempre terão o mesmo tipo de medicação. O médico te fará a 'caridade' de pedir uma série de exames que você nem pode mais contar quantas foram as vezes que você já fez: hemograma completo, urina e talvez fezes. Para estes exames qualquer posto de saúde colhe. Se for pedido Raio-X, Ressonância, Tomografia ou qualquer outro exame mais complexo, irão te enviar para o outro lado da cidade mas, só depois de meses de espera.  O mesmo se dará se você precisar de um especialista. Você pode esperar até um ano por um neurologista e quando enfim conseguir ir para a consulta, ele pode ter desistido de clinicar ali. 

Quando você passa diante do AMA aqui do bairro, pode notar vários e vários carros estacionados com placas que acusam que o condutor veio de outra cidade próxima. E como quem mora no bairro precisa do mesmo atendimento, veremos um local superlotado o tempo todo. Os hospitais estão na mesma condição. Até nos noticiários televisivos é mostrado pacientes internados deitados no chão. Dizem que não há leitos... Não há mesmo: há espaço para colocar leitos mas, não há os leitos para ocupar aquele espaço. 

Se você correr no pronto socorro, vai concluir que o médico vai te mandar fazer o que você já havia pensado em fazer. As pessoas comuns estão sabendo tanto quanto médicos. Não vamos também culpar apenas médicos... Há enfermeiros e há o descomprometimento político. Podemos também culpar as universidades que tem formado esses 'profissionais' que se mostram cada vez mais humanos e menos profissionais...Quem não viu as notícias de café com leite e ácido injetado na veia de paciente? Ou de braço que precisava apenas de curativo ser amputado? E estamos só falando de saúde pública... O convênio só está diferente se você tiver dinheiro para pagar um Sírio Libanês. Se você precisa de cirurgia, está ai cheio de dor e suspeita, #tamorrendo, pensa mil vezes mesmo antes de ir: dá medo de sair de um hospital morto! Talvez, ao tirarem sua hérnia umbilical acabem perfurando seus intestinos! Talvez, o que você pensa ser apenas gases seja um objeto perfurante esquecido no seu abdome! 

Mulher com Câncer consegue tratamento e um atendimento digamos 'decente'... O Hospital Byington é referência de hospital DA MULHER mesmo dependendo de doações para poder oferecer uma hospedagem adequada. Mas, se você for homem, meu amigo... Se você for um homem com Câncer... As notícias são péssimas pra você! O melhor hospital que você poderia ser atendido é o Hospital das Clínicas mas, nele são atendidas pessoas vindas de toda parte do país! Percebe como é sacrificante conseguir o dito "encaminhamento" do médico que te atende? Nem ele sabe pra onde te manda!

O mais irônico é você esperar pra se sentir morrendo para decidir ir para o hospital. Se for antes disto vão te enrolar. Você se debruça no balão de atendimento e dá de cara com um atendente com aquele olhar de pouco caso, nem ai pra você. Por cima da cabeça, na parede atrás do sujeito, lê-se legivelmente que se você tiver um piti, um chilique, será punido com os rigores da lei. Meu amigo... Quando o cidadão perde a paciência, mesmo morrendo ele vai tirar forças só Deus sabe de onde pra quebrar tudo e mandar o atendente pro raio que o parta! Porque terá que esperar um médico que não tem, um médico que ainda não chegou, uma atendente que está lixando a unha ou postando na rede social, e por ai vai! Não se preocupe se você perder além da saúde a paciência também: os seguranças que há nesses locais serem para você!

E olha... O que está sendo dito aqui é tudo superficial, resumido mesmo: a coisa é bem pior do que o descrito!


Segurança:

Antes de transcrever o próximo trecho, quero explicar o que são pessoas mimadas. Há dois tipos de pessoas mimadas: aquelas que tiveram tudo e acham que durante toda a vida terão que ter tudo sem nenhum esforço e aquelas que não tiveram nada e acreditam que mereçam ter e pior, que os outros tem obrigação de dar!


Na visão de hoje, o que são ladrões? Ladrões são pessoas mimadas. Pessoas que tiveram tudo ou não tiveram nada e acreditam que merecem ter - sem mover um dedo - e que as outras pessoas ao seu redor tem a obrigação de dar. Este tipo de pessoa também sofre de uma leve esquizofrenia... Pois, com toda a inutilidade que elas refletem, acreditam mesmo que merecem do bom e do melhor. Então, elas olham para as outras pessoas como se elas fossem 'árvores frutíferas': deu fome, tem fruta pendurada e vou pegar! Olham para você como se você fosse uma prateleira ambulante de onde podem pegar aquilo que querem porque acham que é direito e merecem. Vão até você e seu celular que ainda está sendo pago em suaves prestações tem que ser deles. Porque a necessidade deles é maior que a sua: eles precisam revender pra comprar a droguinha que são incapazes de bancar, precisam posar de bacana e viver de aparência na ilusão de que são alguma coisa só porque exibem um celular que já tem dono! E eles querem ostentar as custas dos outros! Querem ter e usar o mesmo que você que batalha pra ter o que tem sem suar uma gota!

Diariamente a Constituição é rasgada na sua cara conforme constata tudo isso que foi dito até agora. A criminalidade corre solta e a bandidagem está se sentindo bem à vontade enquanto seu 'direito de ir e vir' é roubado também de você. Você acaba com sua saúde e esquece a educação que recebeu para dar conta de tudo o que precisa fazer para sobreviver e de repente, é surpreendido por um ser mimado que não quer apenas o que você possuí e ele é incapaz de conseguir de modo honesto: ele quer também sua vida! Pois, o que se torna cada vez mais comum é ver bandido da 'mão frouxa'. Se ocê tem medo dele ele tem muito mais medo de você que está desarmado. Tanto é que depois de pegar o que é seu ainda dispara! O bicho não presta nem para empunhar um revólver... O bicho não sabe nem roubar... 

Acha mesmo que é preciso mudar a Lei? A Lei é vasta o problema é que ela é bem usada à favor do criminoso e não da vítima. Então, Lei tem. Mas também tem um tal de Direitos Humanos (Marginais) - visto que você é quem é punido por ser vítima. Polícia também tem! Você sabia que a polícia de São Paulo é a melhor do Brasil? Você sabia que a polícia de São Paulo é tão boa que ela já foi até o Japão dar curso? Polícia temos! A Polícia prende mas, alguém solta! E ficamos nessa ladainha de polícia que coloca em risco a própria vida para prender e alguém apenas dar um autógrafo e soltar...

Entre elogios e acusações de polícia corrupta, você sabe quantos psicólogos existem para todo o contingente policial? Sim, meu amigo... Policial precisa ser assistido o tempo todo por um profissional por causa dos danos psicológicos que sua profissão desencadeia. Dá uma pesquisada em quantos profissionais há disponíveis para este tipo de serviço antes de acusar policial de violento, ok?

O cidadão que não está nem ai para a Esquerda ou para a Direita porque precisa dar conta de sua vida e sobrevivência está em cima do muro sim pra ver se fica o mais longe possível do chão, do fogo cruzado, desta realidade que parece paralela ao pouco que ele precisa e lhe é recusado. Este cidadão vive entre a cruz e o punhal! Ou se corrompe ou se mantém íntegro. Ou cede ou resiste. Ou morre ou vive. Ou luta ou se rende. Porque de um lado ele tem um sistema carcerário que não recupera ninguém e de outro uma polícia castrada por uma Lei mal aplicada! Logo, logo, ninguém sabe mais qual é o seu devido lugar... Os valores se inverteram e cuidar da própria vida agora é 'fugir da realidade'. Ser imparcial agora é ser indeciso e não saber o que quer. 

Não importa o quão simples será o que você tem pra fazer e o que planejou para seu dia: você sempre estará em risco porque a vítima agora é culpada! O agressor tem justificativas e a vítima não! O ladrão pode roubar porque ele é a vítima da sociedade. Porque ele quer ter coisas e não pode porque não tem oportunidade quando toda vez que empunha a arma prova a si mesmo que a oportunidade é ele quem cria. 

Por que vou continuar com este assunto? Quem ainda não foi vítima de crime? Quem não sabe como está a segurança neste país?


A Copa seria bem vinda sim se a verba pública fosse usada antes de tudo para o próprio país. É impossível um país negligenciado dar boas vindas... O povo tem vergonha na cara por si mesmo e pelos políticos que não tem nenhum pudor. As mesmas caras e nomes sempre para escolher em uma urna eletrônica duvidosa... Essas mesmas caras e nomes que estão sempre nos noticiários...  E você ainda precisa ouvir que o culpado de tudo isso é o povo que não sabe votar e não os políticos! Meu amigo... Você sabe quantas pessoas estão atuando no poder e não foram eleitas por ninguém? Se informa e depois me diz de quem é a culpa de fato! O povo não tem opção!

E de repente, nesse assunto infindável e propício a todo tipo de discussão, argumento, defesa de lados, críticas e 'achismos', me vem a mente uma cena nada a a ver com tudo isso que foi dito até aqui...


No filme animado Procurando Nemo há uma cena em que Marlin (o pai do Nemo) e a peixinha esquecida Dory precisam passar por uma região habitada de Medusas, que são extremamente nocivas para alguns peixes... Foi avisado a Dory que deveria passar por ali no meio de uma formação rochosa e não por cima dela. Por baixo o caminho era mais longo mas, seguro. A peixinha com sua memória fraca se esqueceu do aviso. Marlin um peixinho nitidamente ansioso queria seguir o caminho de modo mais rápido e sugeriu que fossem por cima e foram,  encontrando uma multidão de Medusas que quase acabaram com a vida deles.

A lembrança desta cena se converte automaticamente em uma analogia capaz de manter nossa esperança em dias melhores e melhor qualidade de vida. "Nossa" que digo, é me referindo a nós pessoas que nem estão na Direita e nem da Esquerda pois, somos antes de tudo, povo!

Vemos a atuação na direita... Vemos a atuação na esquerda... Nosso objetivo sempre será visto se nos mantermos focados na mesma direção: a frente! É ali na frente que tudo o que desejamos conquistar está. No trajeto pode haver fogo cruzado, Copa, omissão, negligência e corrupção mas, se há uma característica forte no povo brasileiro e que é reconhecida mundialmente é sua criatividade e persistência apesar dos pesares. Quando vemos os tiros de armamento pesado sobrevoando os céus da Cidade Maravilhosa lembrando as guerras no Oriente Médio, podemos parar pra pensar que de repente, poderia estar pior: ainda somos brasileiros.

A sujeira neste país pode nos tirar até o direito a esta postagem mas, não pode nos tirar nosso direito nato e nossa vontade de viver! Morrer, um dia todos nós morreremos! Mas viver de fato, quantos são os que vivem? Como brasileiros que somos, vamos reagir, vamos nos indignar, vamos nos manifestar mas, sem correr o risco de que tudo isto se torne nosso foco e nos transforme em pessoas extremistas e radicias como vemos por ai...  A sociedade é algo grande, formada por indivíduos. Se cada indivíduo conseguir tornar sua Vida digna e melhor, a morte não será um episódio em vão e quem sabe a sociedade possa melhorar...

Controverso, eu sei... Tudo muito controverso... "O povo tem memória curta!"...

Um comentário:

Ricardo RicBrSp disse...

Vivemos uma ditadura do voto comprado, de forma q aprovam qualquer matéria de interesse do executivo, por isto mesmo o mensalão, q está valendo até hj, são partidos da base aliada no Congresso, esquerda, e direita unica num único propósito atrapalhar o mais q puder,e todos prometem em campanha saúde, educação, e segurança, q está largado a mingua, não vejo nada de tão contraditório, e sim muita pilantragem, ladroagem, e muita corrupção p/ sustentar tudo isto, é como a banda toca.