Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Denuncia: Cemitério São Francisco Xavier em total abandono - Charitas - Niterói


[Prefeitura de Niterói, estamos de olho á partir de agora! Não bastasse a falta de respeito com famílias enlutadas que assistem seus entes queridos em um local que mais parece um depósito de cadáveres - e não um cemitério - , o descaso e o abandono se juntam a uma questão de saúde pública que estão evidentes e nos perguntamos: o que a prefeitura está fazendo com as verbas destinadas ao cemitério?

Segundo o jornal A Tribuna em artigo publicado em 11/01/ 2013 

Verba extra de R$ 458 mil chega para combate à dengue na cidade... Um trecho diz: "Niterói vai receber verba extra para investir no combate à dengue neste verão. Segundo anúncio do Governo Federal, serão repassados R$ 17 milhões a todas as secretarias estaduais e municipais do País, correspondendo a 20% do total recebido no Piso Fixo de Vigilância e Promoção à Saúde. No caso do Estado do Rio de Janeiro, o valor a ser repassado será de R$ 2.484.725. Só para Niterói serão destinados R$ 458.070 para serem investidos em qualificação das ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. O Ministério da Saúde explicou que o valor distribuído segue os critérios de população e situação da região."


Senhor prefeito... Um cemitério neste estado não é um ótimo ambiente para procriação da Dengue? Onde está sendo aplicada a verba destinada ao combate a Dengue? 

Senhor Prefeito Rodrigues Neves, o senhor assumiu a pouco tempo mas, poderia dar atenção a este caso?

obs: Assim que está postagem for publicada ela será compartilhada nas redes sociais.]


Localização do Cemitério São Francisco em Charita, Niterói



por Helena Palha

Alô, Prefeitura de Niterói!!!!!!!

Registro do descaso, abandono e total falta de respeito das autoridades municipais com as pessoas vivas e mortas.

Este é o único cemitério localizado na zona sul da cidade, na praia da Charitas, local nobre, apontado como sendo o metro quadrado mais caro de Niterói e um dos bairros mais caros nos 16 municípios pesquisados pelo Índice FipeZap, onde ocupa o 4º lugar, conforme a tabela abaixo:

Leblon (Rio de Janeiro) - R$ 20.451
Vila Nova Conceição (São Paulo) - R$ 12.100
Setor Noroeste (Brasília) - R$ 10.565
Charitas (Niterói) - R$ 7.722

Estas fotos foram tiradas ontem, domingo, dia 24 de fevereiro de 2013.
Registrei apenas da porta da entrada até a Capela. O que se vê é estarrecedor. Chão totalmente irregular e quebrado, lixo espalhado por todos os cantos, imundície. E, ao passar as fotos do celular para o computador, deparei com um crânio jogado entre os entulhos. Triste demais.


Vergonha e indignação!!!!



Fachada do Cemitério



Banco na entrada do cemitério

Portas das duas salas de velório: detalhe no rodapé


Esta imagem sinistra é a sala de velório


Portão ao lado as salas do velório.


Entrada que dá acesso ao velório


Este é o piso quase enfrente ao portão de entrada.


Imagem assim só vi em documentário de cidades fantasmas...


Completo abandono e sepulturas abertas por falta de manutenção


Cenário de filme de terror: vizinho de um clube


A ação do tempo mais a falta de manutenção deteriorou a laje de uma das sepulturas? Mas por que um crânio está jogado ao lado?


É exatamente o que a imagem mostra: um crânio abandonado fora da sepultura!


Nem a cruz consegue se manter no seu lugar


A visão é de total abandono...


Não é barato mandar fabricar as placas com o nome do falecido... Mas elas são vistas quebradas em túmulos onde percebe-se cimento colocado recentemente...


Ao lado da Capela madeiras e cano abandonado. Abaixo da imagem uma garrafa de champanhe e um copo plástico denunciam visitantes inoportunos à noite além dos recipientes servirem de criadouro para mosquitos.


Esta é a Capela...


O piso de concreto denuncia a quanto tempo o cemitério não passa por manutenção


Lajes de sepulturas quebradas e espalhadas e o mato crescendo livre em uma área que deveria ser de livre acesso ao visitante


Entulho: será que o local se tornou despejo de entulho já que não há sinais de reforma? Pois esta laje está ai desde que a família proprietária do jazigo ao lado fez uma reforma.


A quantidade de lixo sobre as sepulturas denuncia a falta de manutenção

A vasilha de sorvete jogada é o menor dos problemas em um corredor onde o acesso pode resultar em um tropeção. As flores em suas cores vivas denunciam que familiares de falecidos ainda frequentam o lugar.
Cadeirante e idoso não consegue caminhar com segurança aqui

Em lugar de sepulturas surgem verdadeiros terrenos baldios

A imagem do abandono e descaso






Nenhum comentário: