Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Ibama vistoria lojas de animais do Mercado Central


Órgão vai verificar as condições dos estabelecimentos no centro comercial. Relatório sobre cada loja será encaminhado à administração do mercado.


Cristiane Silva

Técnicos vão verificar, entre outros parâmetros, a luminosidade, limpeza das gaiolas, alimentação e quantidade de animais nos viveiros (Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Técnicos vão verificar, entre outros parâmetros, a luminosidade, limpeza das gaiolas, alimentação e quantidade de animais nos viveiros


Técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Minas Gerais vistoriam as lojas de animais do Mercado Central, no Centro de BH, na manhã desta sexta-feira. A ação conjunta com a Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) conta com duas equipes integradas por veterinários e biólogos. 

De acordo com o analista ambiental do Ibama, Júnio Augusto, os técnicos vão verificar, entre outros parâmetros, a luminosidade, limpeza das gaiolas, alimentação e quantidade de animais nos viveiros. Em seguida, é feito um relatório que é encaminhado à administração do Mercado Central. Caso haja alguma irregularidade, o órgão ambiental providencia as medidas cabíveis. Ainda segundo o analista, a ação ocorre periódicamente. 

A venda de animais no mercado já causou polêmica na capital. Tramita na Câmara Municipal o Projeto de Lei 2178/2012, da vereadora Maria Lúcia Scarpelli (PcdoB), que prevê a proibição da venda de animais em estabelecimentos que comercializem alimentos, como o Mercado Central e os outros mercados distritais da capital. A ala de animais do centro comercial também já foi palco de várias manifestações contra a venda. 

O comércio de animais é um dos aspectos que será abordado no novo Código de Saúde de Belo Horizonte. O documento atual é de 1996 e a prefeitura trabalha na atualização, que deve conter regras mais rígidas.


Saiba mais...
 Universitário é agredido ao fotografar venda de animais no Mercado Central Fiscalização será desafio ao novo Código de Saúde de BH Ativistas pedem criação de Delegacia de Animais Continua batalha contra comércio de animais no Mercado Central
FONTE: EM Estado de Minas

Nenhum comentário: