Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O Ecologicamente correto é um transtorno!


Imagem:Arquivo pessoal de Aparelho Móvel - Márcia Cerqueira -
"O cidadão tem que dar o melhor de si no trabalho, depois de enfrentar essa maratona!"


Esta imagem foi enviada por Márcia Cerqueira da estação Santo Amaro do Metrô de São Paulo, linha lilás! A primeira vista me veio a mente a semelhança com cargas de gado. Os ônibus coletivos de São Paulo em horários de pico lembram muito aqueles caminhões repletos de engradados que transportam aves para o abatedouro. O cidadão paulistano além de enfrentar a disputa de lugar em ônibus, em seguida enfrenta outra brigas nos Metrôs.

As vias públicas de São Paulo estão tão lotadas de carros que mais parece um estacionamento a céu aberto: ninguém trafega e o trânsito não flui! Já fiquei parada observando avenida das principais vias de acesso e o que se vê com frequência é uma quantidade incontável de carros passando e cada um com apenas uma pessoa: o próprio motorista. Vez ou outra surge um veículo com apenas UM carona! Poderia pensar que hoje em dia, com o aumento de violência, ninguém quer confiar em dar carona pra qualquer um. Mas numa época em que a moda é a vida social e ter amigos, nem amigos tem direito? Não! Porque quem trabalha precisa se locomover para muito longe de sua residência e a maioria que depende de transporte público sai dos bairros de subúrbio onde o transporte público é um verdadeiro caos! As pessoas 'moram' muito longe das outras e trabalham muito longe de onde moram.

Marcar um compromisso e ser pontual dependendo do transporte público? Nem pensar! Estamos longe da pontualidade britânica e a desculpa sempre será o trânsito porque é FATO!

É ecologicamente correto o uso de transporte público para a diminuição de veículos em vias públicas o que diminuiria também a emissão de gases tóxicos poluentes no ar. Mas como ser ecologicamente correto nessa precariedade?

Não apenas São Paulo como também todo resto do país não é desenvolvido o suficiente para a preservação ambiental em todos os sentidos! Por um lado as pessoas são tratadas como verdadeiros animais levados para o abatedouro. Por outro, não há em nenhum recurso público em condições adequadas para seres humanos viverem suas rotinas diárias.

Diria que a solução é dos órgãos públicos, mas estes não parecem ouvir os apelos da população que só quer poder ir e vir com dignidade e liberdade para fazer algo que desenvolve um cidadão de bem: TRABALHAR!

Mais surpreendente é ver em intervalos comerciais, prefeitura e governo, discursando grandes feitos nos transportes públicos quando a realidade é outra. Talvez, em vez de usarem carros oficiais e helicópteros, deveriam seguir para Câmaras e Assembleias de ônibus e Metrô para refrescar a memória de como é penoso chegar em qualquer lugar nesse país!

Nossos governantes não se lembram mais como é para um cidadão locomover-se de um lugar ao outro, por isso não estão aptos e administrar uma cidade que cada vez mais se transforma em um completo caos estafante!



Nenhum comentário: