Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Eu bem que disse: a sujeirada começa na campanha política

Como foi o dia de eleição pra vocês? O meu foi de muita reflexão!

Eu e meu marido, acompanhados de nossos filhos, fomos exercer nossa 'cidadania'. Embora as escolas onde votamos fique em nosso bairro, são bem distantes de nossa casa. Decidimos ir à pé e aproveitar para fazer uma caminhada e não contribuir com a poluição. Parece que apenas nós pensamos nisto: o trânsito no bairro estava um caos, muito barulho de buzinas e motos com seus escapamentos arreganhados. Parece que existem pessoas que até para ir ao banheiro precisam ir de carro. Não parecia domingo... Parecia a Marginal engarrafada...

Durante a caminhada até as escolas, iamos explicando aos nossos filhos que exercer a cidadania não é apenas votar: votamos nas propostas que acreditamos ser importantes para o coletivo... Se acreditamos é porque aplicamos em prática o que acreditamos e não apenas falamos da boca pra fora... A cidadania deveria ser exercida todos os dias em atitudes...

O mundo de carros, pessoas pelas calçadas, lixo pelas ruas era grande. Os boeiros já estavam entupidos de 'santinhos' de políticos e se chovesse, aisim iria ser um caos completo!

Em um ou outro ponto nas proximidades das escolas haviam aquelas pessoas chatas que distribuem os 'santinhos' e tentam nos 'converter' a escolher esse ou aquele candidato. É proibído, mas foram pagos pra isso! O dinheiro extra parece valer e para tê-lo também vale inflingir a lei e mostrar como o candidato que o contratou é mesmo um sem caráter. Então, um de meus filhso pergunta: "- Mamãe, essas pessoas não acreditam nas pessoas que escolheram? Falou na tv que não pode dar papelzinho..." E pra explicar?

Um senhor ia caminhando à nossa frente enquanto explicávamos como deveríamos escolher um candidato. Esquecemos a cola, mas estava bem memorizada. Mas o senhor que seguia parece ter esquecido a cola a não memorizou. Caminhava lentamente 'lendo' os panfletos pelo chão até que num momento parou, olhou bem e pegou um papel no chão: aquela seria sua cola! As crianças não deixaram escapar: "- Ele não está escolhendo direito, né mamãe?"

Na porta da escola foi outra situação complicada... "- Mamãe... Você acredita mesmo no partido que escolheu? Você não gosta que joga lixo na rua, mas olha quanto lixo no chão!". Quando olhei, ví milhares de papeizinhos verdes espalhados aos montes pelas ruas, calçadas e até na entrada da escola... Justamente do partido que eu havia escolhido!

É lamentável! Se o partido é verde, deveria ser o primeiro a combater a sujeirada em campanha política quando o assunto é papel e lixo: várias árvores sacrificadas para fabricação de papéis inúteis que se tornam lixo!

Na fila do voto, uma senhora pregava em favor do PT e já cantava vitória: "- O PT todo irá ganhar e vocês deveriam votar nele, pois vão ganhar de todo jeito!". Eu já estava doida pra mandá-la calar a boca... Fiquei quieta!

Enquanto esperava na porta, observei a sala... Escola municipal completamente precária, nada conservada ou cuidada... E a promessa na campanha foi a construção de mais escolas, isso e aquilo quando aqui há tantas escolas tão próximas umas das outras e todas deixam a desejar!

Na hora de votar, fiquei parada enfrente a urna... Meu filho esperava por minha decisão... E eu não acredito em ninguém e em nenhuma proposta... Pouco tempo de campanha, pouco assunto concreto, pouca proposta decente, muito bla bla bla...

Rodamos nosso querido bairro de periferia da zona sul, olhando todas as suas precariedades... Uma faixa no ponto de ônibus contrastada com muitas faixas de candidatos e entulhos denunciava: 'há 61 anos existe aquele ponto de ônibus e até hoje nenhum político colocou ao menos uma cobertura para proteger da chuva ou arrumou a calçada para que se possa ficar ali'.

E como canta o poeta do bairro: ' o mundo é diferente da ponte pra cá'. Aqui, as promessas chegam, mas as atitudes nunca! A lista de descaso e abandono dá quilômetros! O Bom Prato e o Vale Transporte para idosos ainda irá deixar nossos velhos com a sensação de satisfação: na idade deles isso está de bom tamanho.

Enquanto isso, as escolas continuam muito ruins, sem segurança, o builling tomando conta. Os AMA's e postos de saúde continuarão nos enrolando e os funcionários enviados pela UNASP continuarão em rodinhas nas salas, conversando sobre assuntos triviais enquanto os pacientes esperam a boa vontade deles. Grupos de seis, quatro enfermeiros e auxiliares batendo papo, e ainda acham ruim quando alguém reclama.

Segundo turno vem ai e vai começar tudo de novo! Agora querem Marina... Consciência ecológica ou é moda ou é máscara para político vencer as eleições.

Olho pela minha janela e contemplo a Grande Bacia daqui da borda: meu eterno berço esplêndido! Não tem jeito... Vamos fazer de conta que exercemos nossa cidadania e sabemos escolher...

Nenhum comentário: