Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Abrace o colega ao lado

Não, não é discurso religioso nem palestra de autoajuda. É um pedido de Tiffany Field, diretora do Instituto de Pesquisas do Toque da Universidade de Miami. Segundo ela, o contato físico faz maravilhas por sua saúde física e mental. Pode reduzir depressão, estresse e agressividade. E até mesmo combater o câncer.

por Eduardo Szklarz



Como o toque pode melhorar nossa saúde?

Vamos começar pela conclusão do estudo mais revolucionário: uma simples
massagem é capaz de ajudar nosso sistema imunológico. A ponto de fortalecer o corpo contra o câncer.


Como?

A
massagem aumenta o número de células conhecidas como NK [sigla para natural killers, inglês para "assassinas naturais"]. Elas são responsáveis pelo combate do corpo contra infecções virais e células cancerosas. Descobrimos isso em 2005, em um estudo com mulheres que sofriam de câncer de mama. Aquelas que tinham passado por terapia com massagem tiveram aumento no nível de células NK e de linfócitos [células decisivas na defesa do organismo] durante o período do estudo. Isso mostra a importância da massagem como terapia complementar às já usadas contra o câncer.


Que outras doenças o contato físico combate?

Pode ajudar a reduzir
depressão e ansiedade. Não é à toa que as pessoas ficam mais felizes e relaxadas quando abraçam amigos. Ou que vendedores dão tapinhas nas nossas costas para tentar vender um produto mais caro. Quando estimulamos receptores de pressão sob a pele, o coração desacelera. A pressão sanguínea diminui, assim como a liberação de hormônios que causam o estresse.

Quer dizer que manter contato físico traz felicidade?
Dá para dizer que ficamos mais alegres, menos irritados. Até mesmo menos agressivos. Crianças que têm menos contato físico com amigos e parentes podem se tornar adultos mais violentos, segundo pesquisas. Como acontece com macacos: se forem privados do
toque quando pequenos, acabam matando uns aos outros.


Isso vale para qualquer lugar? Porque a cultura do contato físico é diferente no mundo. Indianos andam de mãos dadas, argentinos se beijam no rosto

As diferenças culturais nos mostram justamente o efeito do contato físico. Nos EUA, existe um tabu contra o
toque. Escolas pedem que professores não encostem em seus alunos, por medo de acusações de abuso sexual. Claro que qualquer toque mal-intencionado deve ser reprimido. Mas as pessoas precisam do contato físico dos colegas. Testamos isso comparando um grupo de jovens de Miami a outro de jovens de Paris. Os americanos passavam menos tempo cumprimentando, abraçando e beijando seus colegas do que os franceses - e demonstraram um nível maior de agressividade física e verbal.


Uma massagem caseira pode fazer milagre, então?

Pode melhorar muito a saúde mental e física. Basta massagear movendo a pele da pessoa, sem usar força ou leveza demais. Esfregue, amasse, dê batidas - mas sempre com moderação. Para grávidas, por exemplo, esse ritual reduz as chances de um parto prematuro, por causa da redução do nível dos hormônios do
estresse. Por isso, encorajamos as famílias a usar a massagem sempre que possível.

Nenhum comentário: