Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

A Ratoeira da Casa

Acho que vivo sempre correndo e com tanta coisa pra fazer porque uso muito as oportunidades para ensinar meus filhos. Um episódio pode render uma ótima lição! Virou mania já!

As periferias de São Paulo são regiões esquecidas pelos políticos que, como um milagre lembram que ela existe em tempos de eleição!

Duas ruas abaixo da minha existe um córrego a céu aberto que um dia foi um rio fértil onde muitos vinham pescar. Com o passar dos anos, formou- se favelas em suas márgens em toda a sua extensão. A prefeitura apareceu e desalojou as pessoas dali, porque claaaro ali é uma área de risco(36 anos depois eles perceberam isso).

Com o desajolamento das pessoas os ratos estão invadindo as áreas residências ao redor. Quem tem cães como os meus e gatos caçadores estão livres: só o cheiro de urina e fezes inibe o surgimento de ratos e meus vizinhos passaram a amar meus animais devido a isso.

Meu pequenino estava na casa do vizinho onde mora os amiguinhos dele. Veio todo empolgado, falando alto que viu uma coisa que nunca tinha visto na vida(6 anos de vida): uma ratoeira!

Falava quase que gritando, gesticulando como que a ratoeira funciona e pra que serve!

Na hora, lembrei- me desse conto que muito usei para explicar a tantas pessoas que conheci o valor da coletividade!

Contei a ele esse conto e aproveitei para lançar mais uma sementinha para o futuro.

Essa semente deve com certeza brotará futuramente, porque ele correu de volta para casa do vizinho dizendo que iria contar a eles a história da ratoeira da casa!
Um rato. olhando pelo buraco na parede, viu o fazendeiro e a mulher abrindo um pacote...

Ao descobrir que era uma ratoeira, ficou aterrorizado. Correu ao pátio advertindo a todos:
- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa!

A galinha disse:
-Desculpe- me,Sr Rato.Eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me
prejudica em nada, não me incomoda.Poré m, lhe desejo boa sorte!

O rato foi até o porco e lhe disse:
- há uma ratoeira na casa, uma ratoeira!

Desculpe- me,Senhor Rato.Mas, nãoi há nada que eu possa fazer, a não ser rezar.Fique tranquilo.

O senhor será lembrado nas minhas preces...

O rato dirigiu- se,então a vaca.Ela, num muxoxo, disse:
-Uma ratoeira?Isso não me põe em perigo...

Então, o rato, cabisbaixo, voltou para a casa para encarar a ratoeira.E naquela noite, ouviu- se um barulho!

Meu Deus, era a ratoeira pegando sua vitima!

A mulher do fazendeiro correu para ver o q estava lá.No escuro, ela não viu q a ratoeira pegou uma cobra venenosa.E a cobra picou a mulher...

O fazendeiro a levou de imediato ao hospital.Ela voltou com febre.

Para alimentar alguem com febre, nada melhor que uma canja de galinha.O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visita- la.Para alimenta- los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher não melhorou e acabou morrendo.Muita gente foi ao funeral.Para alimentar todo aquele povo, o fazendeiro, então,sacrificou a vaca!

Moral da história:
Na proxima vez que vc ouvir dizer q alguem está diante de um problema e acreditar q o problema não lhe diz respeito, lembre- se q, qdo há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco!

Em outras palavras:
Em uma comunidade, o problema de um, é problema de todos.



Um comentário:

Anônimo disse...

muito bom seu blog, adorei a historia da ratoeira, outra coisa que eu gostei foi as musicas do seu blog , sera que tem como vc me passa a o nome das musicas pelo meu email:cybershoxmania@hotmail.com