Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Cadela que adotou gatinhos precisa de ajuda

Se puder, ajude a divulgar! A ajuda é para a capital de São Paulo

Uma gata sentindo próxima a hora de sua morte após dar cria de seus filhotes, os levou para um forro de um telhado. Assim que os filhotes estiveram em segurança ela morreu.

A dona da casa logo ouviu os miados e resgatou os filhotes que foram adotados. O mais incrível nesta história não foi só a preocupação da mãe gata. Quando Cida Capovilla adotou os gatinhos não podia imaginar que sua cadela também o faria.



A cadela que nunca havia estado prenha, - por isso muito menos teve alguma cria - passou a cuidar dos gatinhos como se fossem seus filhotes. Além de oferecer todos os cuidados que uma mãe gata daria, a cadela passou a amamentar os filhotes.

Como filhote de gato bem cuidado é travesso, os filhotes encontraram uma passagem no portão e chegaram a rua onde foram levados. No outro dia a cadela adoeceu e parece estar morrendo. Geme o tempo todo como se estivesse com dor, seu nariz está ressecado, ela não bebe água ou come.

Cida tentou adotar outro gatinho, mas a cadela recusou. Foi levada ao veterinário que não conseguiu descobrir ainda qual o problema da cadela que precisa de mais exames: um Raio-X de tórax e um Ultrassom de abdômem. O problema é que todo o dinheiro que Cida tinha disponível foi gasto nas consultas e só o Raio-X custa R$120,00!

Se você puder ajudar de alguma forma para que estes exames sejam feitos e a vida da cadela bondosa seja salva, entre em contato.

Muita gente acredita que a Vida que pulsa em um animal é inferior à nossa, e toda vida é Vida com o mesmo valor! Conheço Cida desde a minha infância e tenho certeza de que se fosse uma pessoa precisando da mesma ajuda, ela também não mediria esforços.

Penso comigo que havia um propósito para que tudo isso ocorresse... Nada é acaso! Muitos humanso não teriam o mesmo ato da cadela!

Se quiser ajudar, envie email para projetoadao@hotmail.com e passaremos o telefone de Cida.

Nenhum comentário: