Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Mercado de carne orgânica do MS é tema na 2ª Expo MS

Boiadeiro levando o gado no Mato Grosso do Sul, 2a ExpoMS© Homo Ambiens Agência de Fotografia

Carne orgânica é um dos temas da 2ª Expo MS, que acontece de 6 a 12 de setembro, em Campo Grande. No evento, a Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO Pantanal Orgânico) promove o Pavilhão MS Sustentável, com o objetivo de divulgar as boas práticas de sustentabilidade desenvolvidas na região no que diz respeito a esse mercado.

Campo Grande (MS) - Durante a 2ª Expo MS, que acontece de 6 a 12 de setembro, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, na Capital, a Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO Pantanal Orgânico) promove o Pavilhão MS Sustentável, com o objetivo de divulgar à sociedade as boas práticas de sustentabilidade desenvolvidas na região no que diz respeito ao mercado da carne orgânica.

Trata-se de um espaço de 350 metros quadrados aberto ao público, onde haverá estandes de empresas e entidades parceiras, que apresentarão seus produtos e serviços, além do espaço de convivência, onde acontecerão apresentações musicais, culturais, palestras, oficinas, degustação de carne orgânica do Pantanal, entre outras atividades.

Ao longo dos sete dias do evento, o pavilhão MS Sustentável oferecerá intensa programação cultural e técnica. Lá o público vai conhecer os processos produtivos da carne bovina orgânica, o potencial econômico e ambiental do Estado de Mato Grosso do Sul, onde são desenvolvidos projetos de valorização de produtos e serviços sustentáveis, com responsabilidade socioambiental, respeito ao meio ambiente e viabilidade econômica.

O presidente da ABPO Pantanal Orgânico, Leonardo Leite de Barros, explica que a idéia é mostrar o processo de produção de carne bovina orgânica desenvolvido na região, além da música, da natureza, da culinária, e da integração do homem com a biodiversidade, de forma a divulgar e valorizar tais elementos. "Na primeira edição da Expo MS, em outubro do ano passado, o pavilhão Pantanal Sustentável foi o mais visitado do evento, gerando resultados muito positivos para todos os envolvidos e difundindo as boas práticas existentes na região. Neste ano a proposta visa apresentar soluções socioambientais destacadas com atuação não só no Pantanal, mas no território sul-mato-grossense como um todo, enfatizando o potencial econômico e ambiental das instituições parceiras".

Carne orgânica do Pantanal

Desde a sua criação, em 2001, a Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO) vem atuando na busca de alternativas que valorizem o bioma Pantanal como um local de produção sustentável que merece atenção especial de políticas públicas e de investimentos de capital privado. Desde 2003, a organização não-governamental WWF-Brasil, por meio do Programa Pantanal para Sempre, apoia a produção orgânica certificada realizada pela ABPO, visando o crescimento e o desenvolvimento sustentável da região, como alternativa de produção e preservação do bioma, que é extremamente sensível. "Hoje o projeto realizado pela ABPO em conjunto com o WWF Brasil é um case de sucesso no que diz respeito ao sistema de produção sustentável", explica Leonardo.

"A implementação desta alternativa produtiva traz a real possibilidade de agregação de valor à carne do Pantanal através da melhoria da rentabilidade do negócio pecuário associado a baixos impactos socioambientais, garantindo a conservação do meio ambiente, através da biodiversidade e a preservação e sustentação da cultura do homem pantaneiro e de sua família", diz ele.

Atualmente a associação envolve 18 propriedades rurais, sendo 12 já certificadas, habilitadas a comercializar o boi orgânico e o restante em processo de certificação, localizadas nas sub-regiões da Nhecolândia e Nabileque, no Pantanal Sul-mato-grossense, ocupando uma área de mais de 110 mil hectares, com um rebanho estimado em 45 mil cabeças de gado.

Leonardo explica que toda a produção é abatida em Mato Grosso do Sul, girando em torno de 80 reses por semana, sendo distribuída para o Brasil inteiro. "O processo de certificação de uma propriedade orgânica dura de um a dois anos. Os animais deixam de usar produtos alopáticos, cria-se um novo sistema de bem-estar animal, com qualidade de vida para o animal e também para os funcionários da propriedade. Exemplo disso é que a Fazenda Rancharia, através de parcerias, mantém uma escola para atender as crianças que moram na região. Ainda no âmbito social, todos os funcionários da propriedade têm carteira assinada, o que garante qualidade de vida a todos os envolvidos no processo. Além disso, temos um protocolo interno em que vamos além do que a lei ambiental exige, para agregarmos valor ao produto".

São parceiros da ABPO no evento: Acrissul (Associação de Criadores de Mato Grosso do Sul), WWF-Brasil, JBS Friboi,Embrapa Pantanal, Sebrae MS, Pecuária BR, Unipan (União dos Pantaneiros da Nhecolândia), Organoeste Biotecnologia, Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS), Senar, Funar, Novilho Precoce MS, Agron Agronegócios Online, Conquista Sementes de Pastagem, Real H, AtivaCon Corretora, Constroluz Pré-Moldados, Jet TV e Internet, SBC Sistema Brasileiro de Certificações, AllFlex, Servsal, Rotoplast, Fibra Morena, MR Consultoria Rural, Sistema Brasileiro do Agronegócio (SBA), NovoCanal, Conexão MS, Canal do Boi, Pecuária BR e Agrocanal, Escola de Qualificação Rural (Equali UFMS), Sociedade de Defesa do Pantanal (Sodepan), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Rotoplast.

2ª Expo MS

A segunda edição da Expo MS é voltada a todos os setores do agronegócio, e vai movimentar o Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, entre 6 e 12 de setembro. A feira, antecipada por causa das eleições, terá mais de 15 leilões com os melhores reprodutores do mercado e shows com nomes de peso da música nacional. Crianças vão se divertir com a fazendinha de mini-animais no parque. Haverá ainda provas de hipismo, torneio de laço, exposição de cães de pastoreio, seminários e palestras.

Os sertanejos João Lucas e Walter Filho abrem a agenda de shows da Expo MS na segunda-feira (6). No dia seguinte, a dupla Thulio e Thiago é a atração principal. Na quarta-feira (8), Herbert e Evandro sobem no palco que, na quinta-feira (9) recebe João Carreiro e Capataz. O grupo Inimigos da HP apresenta-se na sexta-feira (10). No fim de semana, as atrações são Jean e Julio (11) e Alex e Ivan (12).

A Expo MS é promovida pela Acrissul com patrocínio da Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO), Água Azul, Agro Amazônia, John Deere, Bradesco, Real H, Sicredi, Skol e Valfran.

Fonte: WWF Brasil

Nenhum comentário: