Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Javalis: PT barra pedido de deputado para trocar sessão por audiência

Valdelice Bonifácio

A bancada do PT barrou nesta manhã a intenção do deputado estadual, Paulo Corrêa (PR), de transformar a sessão plenária do próximo dia 23, quinta-feira, em audiência pública para discutir a reprodução de Javalis na região Sul do Estado.

A substituição de sessões ordinárias nas quais se votam propostas e se debatem assuntos de interesse da sociedade por solenidades, audiências e eventos festivos está proibida desde a aprovação de uma resolução que modificou o regimento da Casa de Leis em 2009.

Porém, há uma brecha que possibilidade de substituição. Por acordo de lideranças, o requerimento pode ser votado em plenário. Se a maioria dos deputados concordar, a sessão pode se transformar em solenidade ou audiência. Ocorre que o PT não aceitou acordo de lideranças para que o requerimento fosse votado em plenário.

Líder do PT, o deputado Amarildo Cruz disse que o PT não faria acordo de lideranças. “Somos contrários. Aprovamos uma resolução que impede trocar sessões por outras atividades. No horário da sessão tem que ter sessão. Nós queremos a sessão”, disse.

Com a negativa do PT, a deputada estadual Celina Jallad (PMDB) que presidia a sessão determinou que fosse arquivado o requerimento que pedia a realização da audiência pública.

Javalis

A assessoria do deputado Paulo Corrêa esclareceu que a audiência foi solicitada em razão da reprodução de Javalis na região de Rio Brilhante alcançando municípios de Nova Alvorada do Sul, Douradina e Japorã. A ideia era discutir a possibilidade de liberação para os proprietários rurais cassarem os Javalis. Os animais estariam destruindo as plantações. Alguns já teriam amargado perda de 3%.

Cálculos estimados apontam que a região já estaria tomada por 50 mil javalis. O animal tem 1m5 de altura e pesa cerca de 200 quilos. A preocupação é que os Javalis comecem a atacar os seres humanos.

Solenidade em vez de trabalho

A última vez em que deputados trocaram uma sessão por solenidade foi em 17 de junho. Os trabalhos foram substituídos por uma sessão solene em homenagem à Semana da Cultura Japonesa. O autor do requerimento foi o deputado estadual Akira Otsubo, líder do PMDB na Casa de Leis.

A própria votação do requerimento, aliás, gerou controvérsias na época. Na ocasião, o deputado Akira garantiu que o documento fora aprovado por unanimidade no plenário da Casa em maio.

Ocorre que enquete feita pelo Midiamax não encontrou nenhum deputado que admitisse ter aprovado tal requerimento, o que levantou suspeitas de que os parlamentares tivessem votado o documento sem que soubessem o que estavam fazendo.

http://www.midiamax.com/view.php?mat_id=722754

Nenhum comentário: