Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

sábado, 11 de setembro de 2010

Artesanato+Reciclágem




[Este post tornou-se um artigo com edição de Pepe Chaves no Via Fanzine, confira aqui!]




Fazer artesanato além de uma boa terapia, é uma ótima atividade ocupacional e de lazer. Há pessoas que desenvolvem tão bem a criatividade que passam a ganhar dinheiro com isso.

No meu caso não é diferente. Meu artesanato tem como matéria prima tudo o que foi descartado para nas minhas mãos ser customizado e transformado em objetos de utilidade no lar. Este é um ótimo método de reciclágem.

Aqui em São Paulo quando chove o que mais vemos em ruas, rios e córregos são as garrafas pet cujas empresas deveriam ser responsáveis diretas pela coleta. Uma garrafa pet demora aproximadamente 400 anos para se decompor e nesse intervalo de tempo os riscos que causa ao meio ambiente são graves.

Que tal reaproveitar a garrafa pet do refrigerante que você ingeriu? Se não for hábito juntar o lixo para reciclagem, você pode transformar em arte. Muito melhor que ver a garrafa que você descartou flutuando nos rios.

Como o assunto anterior foram as sacolas plásticas, um bom modo de junta-las para enviar à reciclágem são os porta-sacos. Estas eu mesma fiz e como juntei muitas garrafas, farei várias para presentear minhas vizinhas. Sempre aparece alguém querendo comprar, e fiz meu preço por R$ 5,00: suficiente para cobrir o gasto com o barbante, já que os demais materiais são raproveitados. O trabalho que tive na verdade não foi nenhum, já que faço nas horas vagas. De qualquer forma, vale mesmo a mensagem que se está propagando e a colaboração ao meio ambiente. Não vejo muito sentido em querer enriquecer com artesanato reciclavel, visto que nenhum dinheiro poderá salvar o mundo se ele tornar-se um lugar impossível de viver... Como todo dinheiro que ganho é revertido para meu lar (meu maior investimento) não há lucro com minha venda (quando vendopois na maioria das vezes dou). É apenas dinheiro suficiente para repor o barbante gasto e fazer mais porta sacolas...


Esta é apenas uma sugestão, você pode inovar e fazer do seu jeito utilizando outros materiais. No detalhe, colei bichinhos recortados de papéis de presente que aproveito para decopagem. Deixou o puxa-sacos mais simpático. Toda a garrafa foi reaproveitada, mas se quiser pode recortar a boca da garrafa (como no modelo verde). As partes descartadas podem juntar-se ao lixo reciclavel.

Agulha grossa, barbante deram o acabamento nas partes recordadas. O crochê deu a aparência conhecida do puxa-sacos, mas você pode aplicar tecido não só nas extremidades como também recortar estampas para enfeitar. Para prende-los à garrafa furei o plástico e 'costurei' o crochê, prendendo à ela. O seu jeito é que vale!

Que tal experimentar? Além da boa sensação que fazer artesanato causa, você ainda pode dar um agrado ao seu vizinho, parentes e amigos!

Boa arte!

Por Shimada Coelho

Nenhum comentário: