Translate

Centelhas de Luz - Destaque pra vocês!

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Abrindo o coração...

Como podem perceber, o blog não tem recebido atualizações. Tenho estado muito pensativa sobre a manutenção do blog no ar.

As tentativas para divulgar a proteção ambiental e animal são válidas, assim como os esforços dos guerreiros pela Natureza. Mas, são muitos anos de lutas, e muito pouco mudou.

Vejo aqui onde moro o descaso da maioria das pessoas que ainda não conseguem ter consciência da gravidade do problema. Então, concluí o que parece ser óbvio: se o ser humano não mudar, nada mais mudará.

Enquanto animais domésticos forem comercializados, eles serão abandonados. Enquanto animais forem visto apenas como escravos, serão maltratados. Enquanto o ser humano se julgar essencial e superior, cada pedaço de chão fértil será agredido.

Os governos ainda nos tratam como peças de um jogo onde a maioria mais pobre serve como mina extrativista. A maioria no mundo é pobre... Essa maioria é mantida condicionada no estado em que se encontram, para que a desgraça humana sobreviva com força, pois nossas desgraças geram lucros aos poderosos, sejam empresariais, sejam políticos.

A hipocrisia reina firme... Ela é a venda que mantém todos cegos. Há lutas por igualdade e direitos tão fúteis... Há necessidades mais importantes no mundo.

Lutas que apenas beneficiam um determinado grupo, pois o ser humano é assim esse ser egoísta que só sabe olhar para si mesmo. Enxergar a coletividade é algo que parece impossível, então, como poderão enxergar a reação em cadeia que cria a fila de problemas pelo mundo?

Ví algumas notícias interessantes essa semana... Uma delas nem tanto: mal li, tamanho o desapontamento. Todos os esforços para conter o efeito estufa estão sendo inúteis. Em compensação, a realidade dos animais de circo está prestes a mudar. Mas, me pergunto: fará grande diferença se o ser humano continuar como está?

Então me lembro, do jovem matador de gatos de minha rua... Se eu pensasse apenas em meus gatos e apenas nos animais, eu teria registrado o flagrante que arruinaria com a vida dele. Que vantagem há em pagar o mal com mais mal?

Teria eu feito isso, ele pagaria uma fiança, sairia da cadeia revoltado e mataria o dobro dos gatos que matou até hoje. A tentativa de aplicar a justiça seria vã... Não há sentido mostrar a necessidade da proteção animal, se os humanos não perceberem que nossa existência depende deles. E como um humano pode respeitar o valor de uma vida animal, se não consegue respeitar sei semelhante?

Vi muitas pessoas que se revoltaram com a história dos gatos, ardendo em ódio e desejando a punição ao jovem assassino. Esperavam que eu tivesse uma atitude a altura de tamanha brutalidade. Eu não pude faze-lo... Se eu tivesse a capacidade de assassinar um animal, provavelmente o faria. Estou do outro lado... Protejo um animal, como gostaria de que fosse protegido um humano. Não poderia pagar com a mesma moeda, e causar transtorno a vida de um rapaz que não recebeu informação suficiente para quebrar seu condicionamento e perceber a gravidade de seus atos.

Assumir as pragas e maldições lançadas ao rapaz, ajudou-me a mostrar meus motivos para faze-lo como também contar a ele algo que não sabia: pra minha família os gatos são tão importantes como nossas árvores.

Hoje, observando os gatos da vizinhança caminhando livremente pelos muros e calçadas, livre da ameaça do envenenamento, obtive a certeza plena de que nossas leis não bastam para mudar algo... Não é tão simples ter a presença de um policial num flagrante... A justiça teme stado mascarada de vingança...

E me vem a mente neste momento, o dia em que se deu início ao Projeto Adão. Uma página simples num site fraquinho... A crença de que se o ser humano não retornar as origens, nenhum esforço terá resultados satisfatórios. O ser humano perdeu sua humanidade, e é ele quem alimenta o caos que cresce obeso em nosso meio.

Mortes em massa, alto índice de desemprego, assassinatos e violência, alto consumo de drogas e alcool precocemente, crianças engravidando e parindo crianças, pobreza e fome... E o efeito estufa...

Lamento informar, mas se o ser humano não mudar o pensamento, é disso pra pior!

Nenhum comentário: